27 March 2012 12:03 AM, PDT | c7nema | See recent c7nema news »

Christopher Chaney, o homem acusado de entrar nas contas de email de diversas celebridades como Scarlett Johansson e Mila Kunis, retirar imagens intimas e partilhá-las na Internet declarou-se culpado de nove crimes, incluindo a utilização não autorizada de um computador protegido. Com esta declaração, o homem enfrenta agora uma possível condenação até 60 anos de cadeia. Recordamos que o caso veio à baila quando surgiram fotos intimas de Johansson, estimando-se que mais de 50 estrelas de Hollywood possam ter sido vítimas do «hacker» que conseguia as passwords através do esquema da password perdida/pergunta pessoal.  Chaney declarou-se ainda responsável pelo download de imagens, divulgação das mesmas e de utilizar a lista de contactos das estrelas para conseguir ainda mais imagens. «Esta acusação colocou uma luz no tenebroso mundo do “hacking”», afirmou André Birotte Jr,, um advogado ligado ao caso e que liderou a acusação. «Este caso demonstrou que toda a gente, incluindo fuguras conhecidas, »

Report a problem



Similar News Items

Scarlett Johansson
Mila Kunis


IMDb.com, Inc. takes no responsibility for the content or accuracy of the above news articles, Tweets, or blog posts. This content is published for the entertainment of our users only. The news articles, Tweets, and blog posts do not represent IMDb's opinions nor can we guarantee that the reporting therein is completely factual. Please visit the source responsible for the item in question to report any concerns you may have regarding content or accuracy.

See our NewsDesk partners